Pesquisar este blog

Loading...

domingo, 5 de maio de 2013

Integrantes da Arte Green Studio Design!

A Arte Green Studio Design iniciou suas atividades em fevereiro de 2010, com a proposta de vender arte, produtos e serviços provenientes de reutilização de resíduos, sendo que os principais são madeira e papel - que originam-se de árvores. Sendo assim, a missão principal da Arte Green é evitar que novas árvores desapareçam da face da terra, ao incentivar a reciclagem e reutilização de madeira e papéis.

Conheça agora quem fundou a Arte Green Sudio Design:

A reciclagem de papéis é a expertise da artista plástica Alessandra Ferraz, graduada pela FAMOSP, que já tem três edições de sua exposição "Rio Tietê: Quem te viu, quem TV!" feita exclusivamente com reciclagem de papel jornal - o papel mais utilizado e mais poluente no planeta. Esta exposição tem 36 peças, entre telas, objetos e esculturas, que compõem um cenário de sensibilização e conscientização sobre a presente poluição do Rio Tietê, e nos mobiliza a pensarmos em novas e sustentáveis atitudes para a mudança deste cenário na cidade de SP. Esta exposição está aberta gratuitamente ao público até dia 17 de maio, de segunda a sexta-feira, das 9h até 17h, na Biblioteca Municipal Álvares de Azevedo, na Praça J.J. da Nova, s/nº, no bairro de Vila Maria, Zona Norte da cidade de SP.



Reutilizando madeiras de demolição e resíduos tecnológicos, a harpista Celyh Rodrigues torna possível no Brasil a construção de harpas e outros instrumentos de cordas (violões, violinos, bandolins, cavaquinhos, alaúdes), utilizando a mão-de-obra de comunidades em vulnerabilidade social, em parceria com os luthiers David Rocha e Aldo Casarotti Jr. Neste novo momento da Arte Green, Celyh prospecta novos parceiros empresariais que queiram investir neste projeto de construção de instrumentos musicais sustentáveis.


Entre em contato com a Arte Green Studio Design pelo e-mail: artegreen7@gmail.com

Um comentário:

  1. quero deixar claro que não tenho qualquer vinculo com a artegreen, e já pedi a retirada de meu nome de suas atividades que está sendo usado indevidamente
    Aldo Casarotti junior

    ResponderExcluir